quarta-feira, 23 de dezembro de 2009


-
Foi quase num piscar de olhos e então eu me dei conta de que tudo passou, tudo ta acabando, as coisas estão mudando, os ensinamentos foram tirados, os arrependimentos deixados pra lá. Mas tudo ta mudando. Praticamente 1 semana para chegada de um novo ano, eu ainda continuo com 18 anos, uns quilos a mais, o cabelo um pouco mais curto, ainda faço faculdade, ainda moro com os meus pais, ainda não estou namorando, ainda tenho 1,64, ainda isso .. ainda aquilo. Em tese, foi um ano diferente, mas não o encaixaria na lista dos TOP 10! Ah, com certeza não. Agora imagino que seja a hora de deixar isso tudo pra traz, mas não é deixar pra traz querendo dizer que não signifique nada, apenas é não repetindo as mesmas cenas em 2010, se eu posso mudar porque eu iria preferir um replay? De muita coisa eu vou sentir saudade, de outras nem tanto, algumas pessoas marcaram, outras só passaram e não citarei nomes porque quem foi importante, sabe que foi. Aos que estão chegando agora, sejam bem vindos, aos que chegaram e já partiram que tenham uma boa viagem! E como será o amanhã? Ah, o meu futuro será como DEUS QUISER! Não tenho planos, tenho metas, se eu vou segui-las aí a conversa já muda de rumo. Mas, uma lição foi tirada de tudo o que eu vivi: "Não quero cometer os mesmos erros, não quero viver da mesma maneira, eu to virando uma página pra que ela seja reescrita aqui começando do zero, com novos personagens, com outras histórias. Nada de figurinhas repetidas, nada de lembranças amargas. Não se magoa porque se tem a intenção de magoar, não se pode esperar de alguém mais do que ele pode oferecer, paciência porque tudo tem seu tempo determinado,FÉ EM DEUS QUE ELE É JUSTO e se você quiser alguém em quem confiar, CONFIE EM SI MESMO! Quem acredita , já dizia o saudoso Renato Russo! *--*.Por essas e outras razões, não hei de desesperar! Aprendi muito mais coisas, é claro, mas o que julgo importante é o que gosto de passar aos outros.


andar com FÉ eu vou que a FÉ não costuma falhar (yn'
Feliz ano Novo pra todo mundo! :*

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

.


-
Penso sobre o que foi e o que ainda está pra ser, gosto de lembrar o que foi, dos espaços que guardo exclusivamente pra alguém, dos planos de futuro que foram feitos em dias de chuva e de sol, risos, medos, uma porção de sentimentos. Absoluto, tudo passa. Até o que você não quer que passe, mas as lembranças acalentam qualquer coração. Desmancho-me a cada fim de ano, pensando em novas coisas, em novos rumos. Sangro por não poder ser aquilo que eu já queria está sendo a quase 2 anos, mas foi minha escolha ou dos outros, não importa. Tenho em mim uma vontade de não cometer mais os mesmos erros, quero cometer agora novos erros, quebrar a cara de um jeito diferente, passar por apertos diferentes, ousar, sair da rotina. É, eu preciso aprender a ser uma, to cansada de ser de várias maneiras e não me encaixar em alguma, no mais eu vou deixando esse espaço até me encontrar ou te encontrar, quem sabe.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009


-
Você já tentou se interessar pelo desinteressante? Se sim, ótimo, agora me diga uma coisa, é possível? Caramba sabe quando você tem aquelas ‘’travas’’ que chave alguma vai conseguir abrir? Pois bem, eu ando tentando me interessar pelo desinteressante, de alguma maneira isso tem que ser possível, se uns conseguem, porque eu não posso conseguir também? Mas e pra aqueles que não conseguem, como eu, devia-se desistir logo assim de cara ou tentar mais um pouco, afinal é complicado buscar algo interessante em alguma coisa que já tem o nome de desinteressante né? Isso soou meio que complicado, mas eu acho que não seja, por exemplo, a gente para a nossa vida pra ficar horas na frente de um computador, olhando os orkut’s de todo mundo, agora me diga você, o que é que tem de interessante nisso? Eu respondo: N – A – D – A – A! Pelo amor de Deus, já não basta os problemas que se tem na vida, aí a gente ainda vai procurar os dos outros, só por questão de ficar ‘’antenado’’, entende? Quando não é Orkut, serve a calçada de casa, sentar lá na porta e olhar quem sobe e quem desce, quem tem o carro do ano, quem ta morto de bêbado no bar da frente, quem tem ao menos uma bicicleta, como alguém engordou ou como emagreceu. Isso são coisas desinteressantes, e eu ando praticando todas, mas ainda assim não consigo me interessar por nada. O problema é comigo, que vejo com outros olhos a mesma situação ou o problema é com as pessoas que acham tão comum fazer as mesmas coisas que virar normal, rotina, é o de menos. Eu to querendo uma coisa, qualquer coisa que seja inteira, nada de coisas pela metade, nada de coisas desinteressantes, quero algo que venha a mim completo, com braços, pernas, suor, respiração e principalmente coração, isso sim é interessante, isso me tiraria qualquer dúvida sobre o que vale e o que não vale à pena. Mas, enquanto esse dia não chega, eu vou continuando assim, já que eu não perco e nem ganho nada com isso, quem sabe um dia o desinteressante se torne tão interessante quanto um dos meus desejos mais profundos de ser feliz! Se interesse você também :*

terça-feira, 10 de novembro de 2009


-
Eu não preciso controlar a vida, meus hormônios, meu futuro, os outros, minha felicidade. Eu só preciso levar a vida, eu só preciso desfocar do sonho que me deixa míope e enxergar além, ou melhor, enxergar o que está na minha cara. Ver o quanto o resto todo já é perfeito e está lá, eu já conquistei, é meu. Antes de dormir rezei, mas dessa vez não pedi o moço de cavalo branco, apenas agradeci por estar me sentindo tão inteira, feliz, em paz e, principalmente, por não precisar de ninguém ao meu lado para estar bem. Sabe esse sentimento de se sentir bem e inteira, acho que é isso o que falta pra muita gente, talvez faltasse pra mim também, mas eu aprendi a olhar o que eu já tenho que é o que se faz inteiro sabe? Moços em cavalos brancos, moçinhas em apuros, essas espécies de história não me encantam mais, podem ter encantado um dia, mas tem aquela idéia, um dia você cresce e quando cresce muita coisa já não pode ser como era antes. Os apuros passam a ser o dia a dia, os moçinhos em cavalos brancos passam a ser os cafajestes por quem a gente escolhe se apaixonar, as bruxas passam a ser os amigos que se dizem amigos, dá pra entender né? E as moçinhas, aah, essas não são mais moçinhas, passou dos 15, todo mundo ta traçando, isso é lei já!Sobre a minha vida, bem .. ela ta inteira, isso basta!

=*

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

, amor ou outra coisa?


-
O amor não é um lampejo que te rouba os sentidos, o nome disso é desmaio. O amor é outra coisa. O amor não surge de repente numa esquina e te chacoalha todo, o nome disso é trombadinha. O amor é outra coisa. O amor não inunda a sua vida e vira tudo de cabeça pra baixo, o nome disso é tsunami na Samoa. O amor é outra coisa. Amor não é sentir um vazio quando se está sozinho, o nome disso é fome. Amor é outra coisa. O amor não rejuvenesce, o nome disso é peeling. O amor é outra coisa. O amor não traz paz de espírito, o nome disso é coma. O amor é outra coisa. O amor não nos torna mais felizes, o que faz isso é Prozac. O amor é outra coisa. O amor não nos deixa vendo tudo colorido, o nome disso é LSD. Amor é outra coisa. O amor não nos deixa queimando por dentro, o nome disso é azia. O amor é outra coisa. O amor não traz a lua e as estrelas pra perto de nós, o que faz isso é o Google Earth. O amor é outra coisa. O amor não deixa tudo mais florido, o nome disso é adubo. O amor é outra coisa. O amor não nos torna mais lesos, o nome disso é maconha. O amor é outra coisa. O amor não nos deixa mais bobos, o que faz isso é a revista Veja. O amor é outra coisa. O amor não nos faz dar mancada a vida inteira, o nome disso é poliomielite ou paralisia infantil. O amor é outra coisa. O amor não faz a gente enxergar as coisas de uma nova maneira, o nome disso é óculos. O amor é outra coisa. O amor não preenche o nosso ser, o nome disso é gordura. O amor é outra coisa. O amor não nos faz revirar os olhinhos, o nome disso é epilepsia. O amor é outra coisa. O amor não é uma coisa que voa alto no céu e deixa sua marca por onde passa, isso se chama pombo com caganeira. O amor é outra coisa. O amor não é uma coisa que você pode prender ou botar pra fora de casa quando bem entender, isso se chama cachorro. O amor é outra coisa. O amor não é uma coisa que lançou uma luz sobre você, te levou pra ver estrelas e te trouxe de volta com algo dele dentro de ti, isso se chama alienígena. O amor é outra coisa. O amor não é uma coisa que desapareceu e que, se encontrado, poderia mudar o que está diante de você, isso se chama controle remoto de TV. O amor é outra coisa. O amor não é algo que te faz sair do chão e te transporta para lugares que nunca tenha visto o nome disso é avião. O amor é outra coisa. O amor não é uma coisa que esconde dentro de você e não mostra para ninguém, isso se chama vibrador tailandês de três velocidades. O amor é outra coisa. O amor não é uma coisa que te faz perder a respiração e a fala, o nome disso é bronquite asmática. O amor é outra coisa. O amor não é uma coisa que chega de repente e te transforma em refém, isso se chama seqüestrador. O amor é outra coisa. O amor não é algo que consome seus outros pensamentos, isso se chama lavagem cerebral. O amor é outra coisa. O amor não é algo inesperado que você sente quando chega isso se chama mensagem no celular. O amor é outra coisa. O amor não é uma coisa que leva alguém especial quando vai embora, isso se chama enterro. O amor é outra coisa. O amor não é ficar nu o dia inteiro com outra pessoa, isso se chama índio. O amor é outra coisa.
E o que você está sentindo é amor ou outra coisa?


=*

“O que não me destrói, me torna mais forte.” (Martin Luther King).
Se as coisas da vida não conseguem nos destruir, com certeza provocarão um efeito regenerador e daí vem uma força sabe Deus de onde e coloca a gente pra cima. Por esses dias, eu tive noticias nenhum pouco agradáveis e pensei, como em outras vezes, em desistir. Mas como é que se desisti de uma coisa que nem foi/é sua? Resposta simples, não pode, não dá na verdade. E aí vem um convite pra fazer tipo uma retrospectiva das atitudes, de tudo. Quantas vezes a mesma pessoa que ta te colocando pra baixo agora, te levantou? E quantas vezes ela te empurrou mais ainda pro fundo do poço? Sabe responder isso, então você sabe tudo o que precisa saber. Venho pensando muito sobre o valor das coisas e das pessoas e nunca consigo chegar à conclusão nenhuma. Eu não acho que você precisa ter um Orkut lotado pra dizer que é aceito na roda social ou então ser popular na faculdade pra conseguir as coisas em função dos outros. Isso é o que destrói e o que não me destrói me deixa duas vezes mais forte, tese comprovada, quer um exemplo simples? Uma mulher é traída e acaba vendo a traição, por sorte ou azar, não sei e o que ela faz? Pra isso eu tenho duas respostas:
1º Se ela tiver personalidade, ela arruma um mais bonito e mais sucedido.
2º Se ela não tiver personalidade, ela sai chorando como se o mundo tivesse
desabado, afinal, era o amor da sua vida, mas quem foi que disso que amor é pra vida toda né?
O mundo não gira em função da gente, a menos que você esteja bêbado. Preocupar-se em vê as coisas pelos dois ângulos da situação já é um começo, isso ensina a pesar o que te faz crescer e o que te faz ser menor. Sim, ser menor, beeeeem menor eu diria. É tudo questão de personalidade, ou você tem ou você não tem!

=*

terça-feira, 27 de outubro de 2009


Não fumo, bebo o quanto for necessário e quando quero me embriagar, bebo o que não é necessário também, sofro de insônia ou do que eu posso chamar melhor, aquele velho rolar na cama a espera de alguém que nunca chega. Não toco instrumento nenhum, mas até aprenderia, se tivesse um tempo, não sei dar estrela nem plantar bananeira, aliás, nem julgo necessário saber dessas coisas. Digito com dois dedos, catando milhos e daí?Minha profissão não exige que eu seja exper em computadores ou digitação. Fico ridícula tentando me equilibrar num salto alto (acho que por isso eu deixei de usa-lo s e doei pra caridade), e minhas demais habilidades são, em geral, limitadas, acho que o que faço bem mesmo É jogar o meu vôlei. Engasgo com coco ralado,com pitulito de coraçao, sempre queimo a língua com bebida quente, sou incapaz de seguir uma dieta e meus traquejos sociais beiram à falência, se é que eu tenha algo que se pode chamar de traquejos sociais. Especialista em remoer mágoas antigas e conservar mágoas novas, afastar pessoas e colecionar expectativas frustradas. Acredito demais, da nisso né?Posses: um computador que me tira do sério e um coração em desuso (enquanto Sr. Y, não chega). Ambições: 5 quilos a menos, a faculdade dos meus sonhos, independência e dinheiro, ó-bi-vio. Gosto de vinho, uísque, cerveja, pitu, água, suco, torta de limão, de chocolate, raspa de brigadeiro, lua cheia, dias nublados, friozinho, calor, filmes de verdade, filmes de mentira, conhecer lugares e pessoas, de só olhar, de nem olhar, cinema quase vazio, copo quase cheio, me sentir útil, sair sem destino, lençol fofinho, dirigir sem rumo, pagode, forró, cachorros e gatos, mas ando bem mais preferindo os cachorros mesmo. Detesto pêlos, cheiro de cigarro, dias seguintes, TPM, palhaços, papais noéis, contos de fadas, olheiras, me sentir gorda, me sentir magra, não me sentir, última página de um bom livro, ultima musica de um bom Cd, surpresas, múltipla escolha, nenhuma escolha, mentiras. Não acredito em quem não bebe, não acredito em quem diz que tem tudo, que a vida é perfeita, em atitudes altruístas, em amor de cinema, tenho medo de gente boazinha, de palavras erroneamente pronunciadas e acertadamente ouvidas, perdas necessárias, condições irreversíveis, certos pensamentos. Tenho uma fé que me mantém de pé na maioria dos meus momentos. Não gosto de quase nada em mim, se pudesse mudaria o cabelo, o corpo, os olhos, a boca, nascia de novo, mas quer saber numa contradição um tanto quanto contraditória, eu gosto de alguma coisa sim a pele boa e a memória curta. Mentira. Minha memória é imbatível. E a consciência, melhor do que nunca. Minha timidez, meu jeito de gostar em segredo e ocultar demonstrações de afeto nas entrelinhas são facilmente confundidos com arrogância, frieza ou apatia por aqueles que me conhecem pouco. E, afinal, ainda busco quem são as pessoas que, mesmo cientes de tudo isso, me aceitam assim. Prazer, eu sou Janalice Mattias, tenho 18 anos, estudante de Pedagogia, dois desejos a realizar, uma paixão pelo SPFC, outra pelo SPORT, e uma espera incessante de algo que me faça bem! E vocc, quem é? :*

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Sinto falta,


-
Sinto falta de você.
Mas o que sinto falta é de tudo o que é seu e que me falta.
Sinto falta de minhas faltas que em você não faltam.
Sinto falta do que eu gostaria de ser e que você já é.
Estranho jeito de carecer, de parecer amor.
Hoje, neste ímpeto de honestidade que me faz dizer,
Eu descobri minhas carências inconfessáveis que insisto em manter veladas.
Acessei o baú de minhas razões inconscientes
E descobri um motivo para não continuar mentindo.
Hoje eu quero lhe confessar o meu não amor, mesmo que pareça ser.
Eu não tenho o direito de adentrar o seu território,
Com o objetivo de lhe roubar a escritura.
Amor só vale à pena se for para ampliar o que já temos.
Você era melhor antes de mim e só agora posso ver.
Nessa vida de fachadas tão atraentes e fascinantes.
Neste tempo de retirados e retirantes, seqüestrados e seqüestradores.
A gente corre o risco de não saber exatamente quem somos.
Mas o tempo de saber já chegou.
Não quero mais conviver com meu lado obscuro
E, por isso, ouso direcionar meus braços na direção da dose de honestidade que hoje me cabe.
Hoje não quero lhe confessar meu egoísmo.
Quem sabe assim eu possa, ainda que por um instante amar você de verdade.
Perdoe-me se meu amor chegou tarde demais.
Se meu querer bem é inoportuno e em hora errada.
É que hoje eu quero lhe confessar meu desatino.
Meu segredo tão desconcertante:
Ao dizer que sinto falta de você, eu sinto falta é de mim mesma.

(“Quem me Roubou de Mim?” – Padre Fabio de Melo)




Tô no momento!:/
saudade de alguma coisa, saudade de alguém!
=*

segunda-feira, 12 de outubro de 2009


-
Eu to jogando fora, as cartas de amor, as fotos 3x4, as declarações de ultima hora, as caixas de chocolate, tudo o que eu puder. Eu to apagando o seu numero da minha agenda, as mensagens do meu celular, os lembretes de ir te encontrar daqui a 10 minutos ou 1 hora naquela mesma praça, nem que fosse só pra conversar. Eu to esquecendo, o cheiro do seu perfume, os planos de futuro, as datas comemorativas, as juras de amor eterno. Eu to aprendendo a viver pra mim, vou começar a usar minha roupa mais bonita, sair com as amigas, dançar até não querer mais, coisas que eu não fazia sem você, mas agora eu posso, ou melhor, eu devo fazer! Eu sempre penso nas coisas com começo, meio e fim, claro que a gente nunca quer que elas acabem, mas isso sempre acontece, não tem pra onde correr. Mas me irrita profundamente a idéia de alguém dizer que acabou um namoro de 2 anos porque ele não deu certo, mas é claro que deu certo sim, por 2 anos foram os melhores momentos, mas depois disso não deu mais, entende? Há sempre lá no fundo aquela velha esperança de um recomeço, se realmente foi amor, eu acredito que tenha volta, mas sem forçar a barra. Eu to indo embora, por 2 anos e 7 dias a gente deu certo, mas agora é melhor nem mexer no que já ta quieto a um tempo. Valeu, marcou, ficou, passou, e deixou só à saudade, isso é bom, eu só to me desfazendo do que pode me fazer chorar, mas de você eu vou sempre lembrar com carinho. Vishe, a essas coisas eu dou o nome de crescimento e vou lhe dizer viu, não é nada fácil crescer, quando se descobre que não tem mais a mamãe pra resolver seus problemas, bate uma aflição. Ontem, na missa, o padre disse algo do tipo assim: ”Suas escolhas sempre terão dois lados, um bom e um ruim, mas cuidado pra não se prender no que é bom, porque isso é somente momentâneo.” Eu pensei muito nisso e acho que cheguei a velha conclusão de que nada que acontece é sem propósito e se foi desse jeito é porque tinha que ser e cabousse. Pois muito bem, quem foi que disse que ser adulto é fácil?

:*

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

... amanhã, outro dia!


De repente você chega em casa, abre a porta, joga a bolsa em um sofá da sala, se esparrama em outro, liga a televisão no canal de desenhos animados, coloca no volume mais alto e começa a assistir. Seus dias começam assim, sempre, sem mudança. Aí você grita pra sua mãe lá na cozinha:
- Mãe, faz meu café!
Aí vem sua mãe, às vezes com um humor doce, outras nem tanto, mas sempre atendendo aos seus pedidos. Ela se aproxima de você, te entrega uma xícara e umas bolachas e pronto. Depois você tem uma pilha de textos pra ler, uma pia de louças pra lavar, uma trouxa de roupas pra pôr na máquina, uma casa inteira pra varrer e passar pano e o que você faz? Grita pela sua irmã mais velha, é claro. E ela te socorre, sem reclamações, mas com aquele ar de quem vai pedir algo em troca quando você menos esperar, tudo bem, seus dias são sempre assim mesmo. Feito tudo isso, você toma seu banho, se arruma pra ir pra faculdade, espera sua mãe ajeitar seu almoço como se você fosse uma criança de 10 anos que nem pudesse se aproximar do fogão pra não correr o risco de derrubar alguma panela, faz tudo o que tem que ser feito e sai. Depois de um dia altamente corrido, você volta pra casa esperando que tudo seja absolutamente normal, que tenha ficado do jeito que você deixou, mas aí uma surpresa, mudou alguma coisa. Não to falando de um móvel a menos na sala, de uma televisão quebrada ou de uma nova cor de cortina, to falando de coisas do tipo: Ta faltando alguém que eu deixei bem aqui antes de sair. E onde está essa pessoa? Aí as noticias começam a aparecer e você começa a se chocar e a sentir medo de que algo pior possa vir, todo mundo te diz:
- Teu pai ta no hospital, ele teve uma crise assustadora e foi levado as pressas.
Com tanta informação num dia só, o que é que você faz? O dia já não é tão comum aos de sempre. O medo bate a porta e aí? Claro, você vai ouvir coisas do tipo:
- Você tem que ser forte, você precisa ajudar sua mãe nessa hora.
Mas me diga você, como é que se consegue ser forte quando se está perdendo alguém? A minha fraqueza aparece exatamente aí, na perda. Pra muitas outras coisas eu posso até saber levar, mas com a ausência, eu não consigo mesmo. Eu não fui criada pra lidar com isso e eu não gosto da idéia de ter que aprender. Aí você sai de casa, passa um dia inteiro num hospital, escuta os médicos dizendo coisas que você jamais entenderia, porque são nomes absurdamente estranhos, pra no final do dia escutar um cochico que só vai te deixar ainda mais angustiada. E o que significa? Você pensa logo, pronto... Ele vai morrer a qualquer minuto e eu tenho que ta preparada pra isso. Mas NINGUÉM sabe lidar com a morte não, comigo não seria diferente. E como você não pode fazer nada, só ficar esperando noticias, sentada naquelas cadeiras de um corredor imenso e frio, você sai deixando um pedaço lá e quando você entra em casa vê que ta tudo fora do lugar, o dia não é o mesmo e nada está do jeito que você deixou. Se acostumar com a mesmice de sempre não é nada agradável, a vida tem tantas surpresas né?E o dia acaba, você deita na cama, mas falta sempre um pedaço que não tem como preencher, mas aí eu aconselho, fecha os olhos e dorme, que amanhã é novo dia e isso não vai passar de um pesadelo de uma noite.



PAI, (yn)
vou na fé, que essa não costuma falhar.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

, uma paixão brasileira


Ah, hoje eu quero falar de uma coisa meio incomum entre as mulheres sabe, o velho futebol!Há muitas que odeiam, mas há também aquelas que sabem valorizar. É uma paixão nacional, não tem como não se envolver com isso. Tudo bem que é irritante demais vê seu namorado, marido, primo, amigo, por exemplo, trocando você por um sofá e uma tevê numa tarde de domingo, se mataando por que o juiz não cobrou o pênalti, porque a falta era clara, porque tava impedido o gol e blábláblá, eles morreeem por seus times, se esgoelam até a morte e por nós mulheres, missa viu! ¬¬ Eu, particularmente, gosto sim de futebol, não morro de amores, mas me encanta. Sou antes de tudo torcedora fiel, não daquelas que só torce por um time enquanto ele ta ganhando, maior exemplo disso é meu SPORT, tadinho, rebaixado e brah :~~ , mas isso é coisa que acontece em campeonato, um dia se ganha, no outro se perde. E eu já tive várias alegrias com meu Leãozinho, dá um arrepio sabe vê aquela Torcida Jovem toda gritando o velho e conhecido: Cazá Cazá, meeeeeeeeeu amiiigoo... Gosto nem de lembrar, é lindo demais. Painho me diz que o homem pra ser feliz precisa ter: dinheiro, mulher bonita, cerveja gelada e FUTEBOL. Morro de rir com isso, mas no fundo eu acho que é verdade, mas se não for, é um jeito feliz de viver a vida. Meu outro time do coraçãao é o SÃO PAULO, ah esse ta me dando muitas alegrias e se Deus quiser ainda leva esse Brasileiro, vice líder, e domingo eu espero que derrote com chave de ouro o Curintxias Brilhax Mutxu (VIU ETO’O, aushasuhaus) e que o Palmerda’s perca tbm, que ai coleguinha, é empate nos pontos e vamo que vamo! (yn). Nenhum outro esporte mobiliza os brasileiros tanto quanto o futebol, já oficializado como paixão nacional, é uma das maiores características dos brasileiros, e eu acho isso muito rico, riquíssimo como diria o meu amigo Thiago Lima. Acho tão saudável isso de você se dedicar a um time, saber brincar com os torcedores do contra e levar tudo na esportiva, isso sim é a função de qualquer esporte em minha opinião. Pregar a paz, tudo o que for saudável e não destrinchar intrigas, brigas, é uma coisa tão bonita pra se estragar por tão pouco não acha? Pois muito bem, quando meu SÃOPAULO levar o brasileiro eu volto a falar de futebol de novo.
Uashaushuashuahs, bote fé! =*


[Passar uns dias afastada, muita prova! :~~]

terça-feira, 22 de setembro de 2009

PORTAS ABERTAS PRA FELICIDADE *=


Tenho uma intuição de que quando eu simplificar a minha vida, a felicidade chegará em minha casa, quando eu menos esperar. Me peguei pensando sobre isso e vi que quanto mais eu procuro, menos eu acho. Contraditório demais essas coisas não é? Porque eu acho que quando a gente procura, de certa forma acaba encontrando, mesmo que não seja o que queremos. A felicidade é algo tão simples e pode está em tantos lugares, em tantas pessoas, mas muita gente não enxerga isso. Eu mesmo me sinto a pessoa mais realizada do mundo, quando eu sou recebida com um sorriso, um abraço, um gesto sincero. São coisas pequenas, mas se você perguntar que valor as pessoas dão a isso, com certeza receberá respostas do tipo: UM VALOR IMENSURAVEL. Certo que nem tudo são flores, que nem todo o dia se está disposto a dividir risos e besteirol, mas seria tudo tão mais simples se as coisas fossem vistas com um olhar de quem quer que tudo dê certo no final. Um olhar de uma criança, por exemplo, ah... Não existe coisa mais pura, porque se você souber me dizer o que é mais puro do que uma criançinha, ah, por favor, me diga, que eu sou bem curiosa e adoro novidades viu. Às vezes eu tenho crises de dizer que eu não sou feliz ou que a felicidade não é pra mim, mas aí eu abro os olhos e vejo pessoas em situações tão piores do que a minha e que conseguem se reerguer, eu vejo tudo o que eu tenho, as pessoas que me “amam”, as oportunidades que me cercam, desse jeito, tem como dizer que NÃO SE É FELIZ? Conquistas pessoais são resultados de dedicação a tudo que lhe cerca, eu pelo menos acredito nisso piamente. Então, sob esse olhar EU SOU FELIZ SIM. Ah, e isso me alegra muito. Então, eu to indo simplificar a minha vida e portas abertas pra felicidade, faça isso você também!

quarta-feira, 2 de setembro de 2009


-
Sabe todo dia você ta cercada de muitas pessoas e às vezes nem pára pra prestar atenção nelas, no que são de verdade, na importância que podem ter sobre você em um determinado momento de sua vida. É aí então que você se dá conta de que não pode seguir sozinha, nunca, de jeito nenhum e em nenhum momento. O ser humano foi feito pra encontrar outro ser humano e assim criar uma linha sabe, dessas do tipo que não pára no primeiro encontro. Numa tarde que podia ser só mais uma tarde qualquer, você apareceu, e foi tão surpreendente. É incrível como pessoas tão parecidas e tão diferentes possam ter uma relação tão saudável né?Para alguns, parecidas ao ponto de se confundirem em uma só pessoa. E isso é bom, sabia?Ah, eu sempre fantasie a idéia de ter uma irmã gêmea, acho que acabo de encontrar!:B Você me entende, e mesmo quando não entende, sei que tenta entender. Gosto disso. Gosto dessa tentativa de compreensão e entendimento. Sinto-me muito ligada a você. Eu queria saber agradecer com poucas palavras ou com as palavras mais bonitas tudo o que você tem feito por mim, muito obrigada mesmo! Adoro essas surpresas da vida, pensar que tudo está perdido e de repente, erguer-se mais forte do que antes. Você me ensinou isso, você me ensinou muita coisa, aliás, e continua me ensinando. Depois de todas as tempestades e naufrágios, o que fica em mim é cada vez mais essencial e verdadeiro, o que fica da nossa amizade é o que eu gosto de passar pros outros. Eu me sinto até melhor viu. Parece que o brilho voltou, que pra tudo existe uma solução e que no final sempre há uma passagem pra felicidade!Há tempos eu não me sentia assim, digo, desde a ultima briga, mas como é passado... Deixemos no passado mesmo! Acho que eu soube muito bem escolher os meus amigos, eles são tão fortes e tão profundos que eu chego a esquecer que são também frágeis e humanos, o que eu quero levar disso, depois que esses longos 4 anos passarem serão só esses momentos ricos, é olhar pra uma foto como essa e lembrar: “..., uma tarde de sol, as 15:30 numa Churrascaria a gente fazia o primeiro brinde de muitos que viriam, e riamos como se nada mais importasse, e nada mais importava mesmo, porque ali a intenção era ser feliz, e é isso que a gente tem feito durante todos esses tempos ...” E como diz o saudoso Vinicius de Moraes: “A gente não faz amigos, reconhece-os”. E é assim que eu vou lembrar-me de você pro resto da vida, como alguém, no meio de muitos, que eu reconheci.


Dedicado a: RAQUEL EMANUELLE, a minha amiga! =*

terça-feira, 25 de agosto de 2009

A BRIBA DIZ ...

video


Eu precisava riiir, e isso foi um SANTO remédio.
Porque ali a briba diz tobem...
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Pregaçãao é uma dessas!
Divirtam-se :*

segunda-feira, 24 de agosto de 2009


Não espere eu ir embora pra perceber
Que você me adora
Que me acha foda (8)


Eu li isso e tive um certo surto de pensamentos, existe? É, e pra quem conhece a história já deve ter imaginado em quem eu pensei né ou no que eu pensei. Enfim, pensamentos a parte... Vamos escrever. O/
Porque mulestia a gente só dá valor a alguém quando perde ou ta prestes a perdê-la? Quem nunca deixou pra amanhã o que podia fazer hoje? Quem nunca pensou que com o tempo tudo ia se consertar? É, muita gente faz isso e todos os dias muita gente se arrepende. Medo de ter medo leva ninguém a lugar nenhum. (créditos a minha amiiga Raquel), e eu acho que ela ta mais do que certa. Eu tenho mania de querer prever o meu futuro e sabe o que acaba acontecendo comigo quando eu invento essas coisas? Ah, não precisa ser um gênio pra descobrir... Vamos, uma palavrinha só, só um chute. Tudo bem, eu digo: ME ARREPENDO. Claro, como todas as pessoas, eu sou um ser humano, eu erro e acerto, (tudo bem que eu ando mais errando do que acertando), mas acontece, são lances da vida. O que eu quero com esse texto? Me dá coragem pra arriscar, siiim ... Eu quero me encorajar, tudo pode ser diferente quando você não se preocupa com o que vem depois, só interessa viver um dia de cada vez. Esse negocio de sofrer por antecipação não é futuro pra ninguém viu, fica a dica! Se você pode ser feliz hoje, porque esperar amanhã pra começar ou esperar o milagre da transformação, VOCÊ se tiver coragem muda o rumo de qualquer história, mesmo as mal vistas aos olhos dos outros. É, não espere eu ir embora... Não, não espere! :x

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

NUNCA DESISTA DE SEUS SONHOS


-
Você tem muitos sonhos? Tipo, aqueles sonhos que fazem você querer nunca mais acordar ou aqueles que te fazem querer acordar e realizá-los, te trazem uma força sabe Deus de onde, aquela vontade de viver, pelo menos por um instantezinho. Pois bem, eu to lendo um livro cujo título é justamente esse: NUNCA DESISTA DE SEUS SONHOS (Augusto Cury) e sabe, eu to aprendendo muito com ele. Parando pra olhar um pouquinho pras pessoas que vivem ao meu redor, tem tanta gente com motivos absurdos pra não querer mais sonhar, pra não querer nem viver, eu diria, só que é dessas pessoas que parte aquela vontade sabe, a ânsia pela vida que me deixa admirada. Eu tenho sonhos, desisto de muitos deles por fraqueza ou movida à opinião dos outros, mas eu nunca deixei de acreditar que um dia eles pudessem se tornar reais, mesmo ali no silêncio da minha humilde vontade, eu mantenho os meus sonhos vivos. Não são sonhos absurdos, pelo menos eu acho que desejar cursar uma faculdade de Jornalismo/Publicidade, ter minha casa, meu carro e viver sobre minha inteira dependência e responsabilidade não é coisa de outro mundo ou é? Ultimamente eu só ando sonhando com uma coisa todos os dias, é paz. Ta tudo muito atordoado, mas eu sei que nada é em vão, não a dor que não tenha um propósito de vitória no final de tudo. Ontem na missa, o padre falou algo do tipo assim: Agradeça até pelos sofrimentos, Deus não te daria um fardo maior do que você pudesse carregar. E essa fé que eu mantenho viva me faz sonhar e sonhar e sonhar, mas eu gosto de sonhar coisas possíveis e grandes, porque sentimento de pequenez e de fantasia, eu deixo pras crianças (até parece que eu sou uma mulher já –‘). “Os sonhos trazem saúde para a emoção, equipam o frágil para ser autor da sua história, renovam as forças do ansioso, animam os deprimidos, transformam os inseguros em seres humanos de valor. Os sonhos fazem os tímidos terem golpes de ousadia e os derrotados serem construtores de oportunidades.” (Augusto Cury). Hoje, eu sei o que significa sonhar de verdade e todas as vezes que eu deito a cabeça no meu travesseiro eu só peço que aqueles que tiverem seus pensamentos perdidos pela noite, que acreditem neles, que tirem força disso aí, a capacidade de sonhar é fundamental para o desenvolvimento de um projeto de vida. Sonhe e nunca desista do seu sonho, desistir de um sonho é abrir mão da felicidade, não deixe ela se perder, não seja um fracassado, derrotas existem, mas a vitória sempre vem pela manhã. Se você acredita nisso, entendeu o primeiro passo desse texto, o resto você é quem faz.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

ESCOLHAS


Hoje eu senti vontade de escrever, eu só não sei ainda sobre o quê, mas acho que tenho uma vaga idéia do que dizer aqui. Acho que todo mundo já precisou fazer escolhas na vida não é mesmo? E acredito também que tiveram erros e acertos, acertei? Eu não gosto muito dessa sensação de escolher alguma coisa e depois me arrepender, mas aí eu sei que se eu não fizer aquilo do jeito que é pra ser feito, eu vou me arrepender do mesmo jeito. Enfim, ninguém ta livre do erro, infelizmente, Na maioria das vezes você decidi sem pensar ou pensa demais e acaba fazendo uma escolha errada do mesmo jeito. Será que não existiria uma maneira mais fácil de resolver as coisas não? Não sei vocês, mas eu já parei MUITO pra pensar no peso que tem as palavras: SIM e NÃO e olhe, é bem complicado viu. Acho a pior covardia do mundo você dizer um sim à alguém com vontade de dizer não e vice-versa, parece pena sabe! Viiisheee me dá ânsia de vômito só em pensar, mas eu não quero bancar à certinha não, porque de certa eu não tenho nem o nome, eu já fiz muitas covardias como esta e me arrependo geral, hoje eu sei a diferença de fazer uma coisa com vontade e fazer uma coisa sem vontade e é beeem grande viu? Eu tenho um exemplo bem prático disso, quando a gente ta no terceiro ano, época de vestibular, aquela agonia pra estudar, a duvida sobre que curso seguir, surge logo aqueles testes profissionais que você marca um monte de "xis" e pronto, o que disser ali é o que você vai ser pra vida toda. Sabe o que eu penso sobre isso? Total falta de personalidade, me desculpem aos que seguem sua vida universitária a partir de um testezinho, é altamente sem noção, tudo bem que pode ser um guia, mas daí passar a ser uma certeza, já é pedir demais não acha não?Eu nunca tive cara de médica e além do mais tenho pavor a sangue, agulhas, bisturis e o que mais existir na medicina, principalmente aqueles nomes que mais parecem palavrões, naam ... mas se eu seguisse um desses testes, hoje eu devia ta seguindo a carreira de Médica, já pensooou?No primeiro perido eu estaria no hospital, mas não pra aulas práticas, pra ser o objeto de estudo mesmo, tenho pavoor ...nãao, Médica eu não seria mesmo. Meu negócio é mexer com as letras, elas sim me agradam além do normal. Pensando mais um pouquinho, outra coisa que deixa muita gente de cabelo em pé, são as benditas escolhas pessoais, aah que essas têm o poder de mexer com a pessoa sem pena viu, miseriicoordia!É como diz o velho ditado, "trocando o certo pelo duvidoso", antes eu não entendia porque uma pessoa que já é casada, com aquele relacionamento de longos anos, estável, precisa sair do casamento e ir procurar fora uma coisa que encontra todo dia em casa, mas aí eu tive uma resposta sobre isso que é mais ou menos assim:Tudo muda, inclusive as pessoas e o amor acaba, não acaba exatamente, mas adormece é nessa hora que outra pessoa vem completar o que te falta, que por mais estavel que seja um relacionamento, existe sempre um buraco pronto pra ser aberto, e aberto e aberto ... Eu achei isso interessante pra caramba e a pessoa que me disse isso fez uma escolha exatamente igual a essa, saiu de algo certo pra algo duvidoso, mas diz a pessoa que não se arrepende não, coisa boa (eu acho), se pelo menos existir felicidade, pra mim fica tudo bem. São só exemplos, nem tudo na vida funciona do jeito que eu escrevo aqui, não é mesmo?Boom, eu escrevi muiito aqui, mas eu quero só completar com mais uma coisinha:FAÇA SUAS PROPRIAS ESCOLHAS SEM MEDO, se der errado, levanta a cabeça e começa do zero, sabe o que é que se ganha com os erros? Maturidade. Sendo assim, amadureça as idéias e não pensa negativo não, nem sempre que algo dá errado na nossa vida é exatamente pra provocar sofrimento, tem que aprender a vê os dois lados da moeda,há males que vem para o bem, fica a dica! :*

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

FAZ DE CONTA


Hoje eu tava vasculhando na minha caixinha de cartas e lembranças de uma época que foi boa e me bateu uma saudade, mas ao mesmo tempo me despertou umas duvidas sobre tudo aquilo. Sabe o famoso FAZ DE CONTA, pois é... Eu acho que de 10 palavras que eu lia 11 eram fingimento e hoje eu brinco assim, FAZ DE CONTA que me ama que eu FAÇO DE CONTA que te respeito!Frio isso né?Você me enche de palavras carinhosas, cheias de afeto e muito amor e eu o que faço com essas palavras?Retribuo é lógico, no mesmo tom de voz e na mesma maciez. Eu acho espantosa a capacidade das pessoas de fingir, é... Quando eu penso que já vi de tudo, vem alguém com uma manha nova e daí já viu né, fico de queixo caído. Você pode ser o que quiser ser, basta saber fingir. Pra agradar alguém em especial é só buscar saber o que ela deseja achar numa pessoa e pronto, encene, você é atriz o suficiente pra isso, todo mundo nasce com esse dom, uns usam para o bem, outros para o mal, mas todo mundo já FEZ DE CONTA um dia, não tem como negar. Bom, agora está na hora do meu chá das cinco e das minhas visitas de alto valor social, quem são?Ah, o vizinho pintor, o primo desempregado, o tio professor, a irmã arranjada, e mais os amigos bad boys que todo mundo traz. O que foi?Ficou espantado é?;O Nossa, aaah... Você não esperava que eu convidasse o Lula pra falar sobre os problemas da crise financeira ou um infectologista pra falar sobre a nova gripe né?Por hoje, eu prefiro não fingir. Vou tomar o meu chá, vendo um bom filme e na sala da minha casa e assim EU FAÇO DE CONTA que ta tudo muito bem!

quinta-feira, 30 de julho de 2009


Acho que a vida tem um preço, acho que tudo que vocc faz nela também tem um preço, acho que ser bandido, corrupto, mentiroso e infiel paga-se um preço. Também acredito que ser mocinho, íntegro, verdadeiro e fiel tem seu preço...Quer saber, seja o que vocc quiser, colha os frutos e viva a sua vida porque a opinião dos outros não pode te dizer pra que lado andar, não acha?!Viva em função de vc mesmo, assim você vive mais e te garanto, VIVE MELHOR! o/

segunda-feira, 27 de julho de 2009


Se você soubesse que tem pouco tempo de vida o que você ia querer fazer?Eu começaria pedindo desculpas a todo mundo que eu fiz mal, é porque passar dessa vida pra outra com um sentimento menor de culpa, é muito válido e afinal já que é a ultima vez que eu vou vê, falar com tal pessoa, eu queria deixar uma boa imagem, ao menos nos meus últimos minutos. Depois de me desculpar, eu iria agradecer... Sim, agradecer E MUITO! Eu pelo menos adoro agradecer as pessoas quando elas me fazem um bem enorme, quando tem paciência de me ouvir, quando sabem como me ajudar, como ficam felizes por me vê bem, e aos meus amigos, meus AMIGOS DE VERDADE eu dedico toda a minha vida, sem eles eu jamais seria um pouco do que eu sou hoje. Bom, pra começar essas duas coisas são as mais fundamentais, se DESCULPAR e AGRADECER, mas e depois e o resto do dia? Eu ia viver, sim e viver intensamente, sair correndo por aí, fazer uma visita surpresa pra alguém que signifique muito pra mim, dizer um Eu Te Amo pra uma pessoa bem especial, dá um abraço apertado, rir até dar dor na barriga, chorar olhando as fotos, lembrando as historias, passar horas no telefone, mandar recados a todo mundo que eu imagine que sentiria muita saudade, distribuir sorrisos, e etc, etc, etc... São muitas coisas, mas a principal delas seria ficar sozinha, contraditório isso não, meu ultimo dia de vida e eu quero me isolar, puuft! Eu não quero causar dor a ninguém, se eu soubesse o que me esperava, eu viajaria, sentaria em frente ao mar e ia só esperar, pra mim não há nada tão relaxante do que ouvir o barulho do mar, pensar em tudo e em nada ao mesmo tempo. Se eu soubesse qual seria o meu destino, eu tentaria mudá-lo, eu não penso em morrer, isso é doloroso e triste. Como eu sei?Ah, eu não sei na verdade porque eu nunca morri, mas eu sinto a dor quando alguém que eu gosto parte assim. Parece que tão te quebrando um osso, te arrancando um pedaço do coração, é ruim, é triste, por isso que eu escolhi VIVER. Viva cada dia como se fosse o ultimo da sua vida, você não sabe se daqui a 5 minutos vai está bem ou vai te dar um treco no coração e cabô, você morreu! Um tempo perdido não volta, faça o que tem vontade de fazer, porque de tudo isso você só vai se arrepender de uma coisa: não ter vivido o suficiente pra fazer história.
Eu fiz historia, pronto já posso partir! ;*

domingo, 26 de julho de 2009

COM OS RELACIONAMENTOS ANTERIORES APRENDI...



Amar é algo tão complexo né? A gente sempre faz um bicho de sete cabeças sobre o que é o amor, não sei pra quê, que a gente nunca chega à conclusão nenhuma mesmo. A meu ver o amor é bom, paciente e não quer o mal, mas isso tudo na prática é muito encantador, anestesiante eu diria, mas quando você tem a sua primeira decepção o amor passa a ser ruim, doloroso e absolutamente descartável. Se o amor for traduzido pelas sensações que sente quando aquele alguém passa por você, um frio na barriga, uma falta única e de uma só pessoa, dormir e acordar com aquele bendito pensamento, suspiros e olhinhos brilhando, coração disparado e blá blá blá, então eu já amei e sob essa descrição muita gente já amou também, mas como nem tudo na vida são flores, eu e a torcida brasileira em peso, também já sofreu e aprendeu muito com o sofrimento, com as decepções. Todo mundo que passa na sua vida deixa algo e leva algo e é assim com todos os relacionamentos vividos, uns são lembrados com saudade, outros com dor. Mas eu, JANA MATTIAS, prefiro lembrar só do que foi bom, porque só assim eu teria coragem de da ao meu coração uma nova chance, comece sempre alguma coisa com a certeza de que NADA É PRA SEMPRE, mas faça o possível pra durar, enquanto lhe fizer bem, enquanto for um berço seu, cultive e seja feliz ao máximo.
Eu tô tentaando ser feliz desse jeito, e você?

quinta-feira, 23 de julho de 2009

ACREDITE


Você tem fé? Você acredita em alguma coisa? Prefere acreditar no que vê ou no que não vê? São tantas perguntas que norteiam e levam a um único ser, alguém que pra mim é SUPREMO e MARAVILHOSO. Sim,... Eu estou falando de DEUS! Eu tenho fé! Eu acredito em muita coisa, no que vejo e no que não vejo também. E eu fico me perguntando como seria o mundo hoje se Eva não tivesse comido da fruta proibida, deve ser por isso que hoje em dia os homens adoram colocar a culpa de tudo nas mulheres, bom... Mas isso é algo pra se falar depois, o foco aqui é DEUS, então vamos voltar pra ele. Talvez eu esteja fazendo esse texto como forma de agradecimento pelas muitas coisas concedidas ou talvez como um apelo para o alivio de uma angustia. Na verdade isso pouco importa, cansei de pedir milagres e esperar que eles aconteçam da maneira que eu desejo, parece que eu esqueço que ao final das minhas orações eu sempre digo: SEJA FEITA A SUA VONTADE, e eu sei que a vontade do Pai é sempre o que for melhor pra mim. Não adianta eu querer mudar, eu peço, mas Ele é quem realiza. Pense em alguma coisa que você deseja muito! Pensou? Ótimo, agora acredite nisso e entregue nas mãos de DEUS, Ele tem um tempo pra agir e pra curar, só é preciso confiar! O primeiro passo você já deu, mostrou que acredita e quem tem FÉ! Espera, confia no Senhor e o mais ele fará. Não venha me dizer que não se sente digna (o) de pedir alguma coisa. Sim, você errou, mas antes de você fazê-lo, DEUS já sabia que seria assim, não há nada que o surpreenda afinal Ele é os olhos e os ouvidos de tudo. E uma coisa que eu aprendi com todos os meus vacilos é que se eu me arrepender de coração, há sempre o perdão, mas só se o arrependimento for de coração puro. ACREDITE, há males que vem para o bem, não há ferida que não tenha cura, não há dor que resista a um sorriso sincero. AGRADEÇA, não apenas peça é muito importante saber medir as coisas, seus atos podem te fazer ganhar o mundo, se forem bons atos é claro, porém sua ganância te faz perder tudo, pensa nisso! Há tempo pra tudo, dores, alegrias, vitórias, teu futuro... Meu futuro, tudo já está traçado, são as nossas escolhas que podem mudá-lo, sejam elas pra um caminho bom ou pra um caminho ruim. O importante é saber que você não caminha sozinho NUNCA, não há pecado no mundo que DEUS não possa perdoar, Ele deu seu filho único pra salvar uma humanidade, quer prova de amor maior? Acho que não. Se entregue, tenha FÉ, agradeça, acredite e tenha DEUS como o centro da sua vida e você vai ter o que merece e não o que precisa. Pense nisso!


O meu Deus é maior que os meus problemas e eu não temerei, com Jesus eu vou além!(8)

quarta-feira, 15 de julho de 2009

O QUE VOCÊ QUER SER?


Quando criança minha mãe me contava histórias de um mundo encantado, perfeito, onde por mais que a moçinha sofresse e fosse perseguida, uma hora sempre apareceria alguém pra salvá-la, alguém esse que recebia o nome de príncipe encantado e eu cresci acreditando nisso tudo, que existia sim um mundo cheio de alegria e ia ter alguém perdido por aí, mas sempre atento pra me salvar de qualquer coisa, a qualquer momento. Mas, tem uma hora que você é obrigada a crescer de verdade e foi ai que eu vi que tudo não passava de conto de fadas e que a realidade nua e crua dói pra caramba, então eu me perguntei: O que eu quero ser? Sua mãe vai dizer que você tem que ser professora, seu pai acha que você deve ser médica, sua avó diz que pra ela, você nunca cresce, será sempre a princesinha. Mas e você? E a sua vontade? Será que você não tem os sonhos próprios não, aqueles que não dependem de mais ninguém além de você pra se tornar real? É ... eu ainda não me descobri, mas de uma coisa eu tenho certeza, eu não quero ter que esperar por alguém pra me “salvar”, eu posso ser o meu cavaleiro e enfrentar meus próprios dragões sozinha, quer dizer, não exatamente sozinha, porque afinal todo mundo precisa de alguém né? Nem que seja aquela velha amiga que te acoberta em todas as situações da vida, até nas mais macabras ou alguém que preencha um espaço considerável no meu coração, mas que não seja nem meu dono e nem meu herói, acho que assim eu já me sentiria bem. Ser médica, professora, advogada, princesa, sei lá mais o que, só vai te diferenciar dos outros porque cada um teria um status pelo qual seria reconhecido, mas a qualidade de ser um ser humano que passa por fases na vida, que erra e acerta que tem dias de cão e dias de glória, continua viva. Você nasce, cresce, reproduz (ou não) e morre, é simples. E o que você vai ser nesse meio tempo é uma escolha sua, o seu futuro você decide.

terça-feira, 14 de julho de 2009

.

Hoje é um dia que a 6 anos mexe muito comigo, eu era pequena quando aconteceu, mas eu lembro de tudo, de cada detalhezinho. Vê você sufocada por toda aquela aparelhagem não me fazia muito bem, eu só tinha 12 anos e não entendia muita coisa da vida, mas eu entendia a pior delas, eu estava perdendo você pra Deus e essa era uma dor maior do que qualquer uma que alguém poderia sentir, eu nunca tinha perdido alguém e a primeira pessoa foi logo você, minha vó, minha segunda mãe!Com o tempo, eu fui percebendo que o que acontecia era o melhor pra todo mundo, inclusive pra você, teu sofrimento foi acalmado e hoje você vive em paz e tenho certeza que em um lugar que todo mundo deseja estar um dia, no paraíso e com a melhor companhia, longe de tudo isso de ruim que a vida mostra, fora de qualquer preocupação que te causasse angustia ou dor, você estava nascendo de novo e eu devia ficar feliz por isso e não triste!Minhas orações e o meu dia de hoje são dedicados inteiramente a você, minha mãe, já diz o ditado né: Vó, é mãe duas vezes! E foi sempre assim que eu te tratei durante a minha vida inteira, você me viu crescer e parte do que eu sou é devido a sua paciência, muito obrigada por tudo minha mãe, me fazia acreditar em anjos e, porque acreditava, eles existiam! Onde você estiver, não se esqueça de mim! EU TE AMO demais!

.

É, tem dias que você pensa muito sobre estar vivendo e será que realmente você vive ou você só sobrevive?Ando me fazendo muitas perguntas sobre: O que é ser feliz? O que é ser triste? Amor existe? Quem é amigo mesmo? E eu nunca consigo chegar a conclusão alguma, talvez seja melhor assim ... saber de tudo nunca é saudável!Em meio as coisas que acontecem, as pessoas que te aparecem, EU VIVO... vivo sim e por sinal, MUITO FELIZ. Aprendi a dá valor a tudo, inclusive a dor, ela ta ali pra provar que eu sou um ser humano normal e que eu tenho sentimentos, interessante isso né?Ter sentimentos parece tão complexo, mas é algo tão simples. Paixão por exemplo, você sente a todo instante, é uma explosão e você apaixona-se todos os dias e porque qualquer coisa. Amor, é tão mais difícil sentir, dizer eu te amo não é dizer bom dia, não é todo mundo que merece ouvir, e se for pra dizer, que seja de coração puro. Tudo na vida tem um propósito e sempre tem alguém olhando por nós, é preciso só confiar mais e entregar-se, DEUS sabe muito bem o que faz e Ele jamais iria querer vê um filho seu sofrendo, EU ACREDITO NISSO!Portanto, VIVA MAIS, agradeça mais, se doe mais pras coisas da vida, um momento vale por mil conquistas, uma dor vale por muitos ensinamentos, uma alegria é anestesiante, uma vida É ÚNICA.